BATERIA DA COLORADO LEVANTA AS ARQUIBANCADAS E É DESTAQUE DO PRIMEIRO ENSAIO DA ESCOLA

Voltar

Penúltima escola a desfilar no sambódromo do Anhembi na noite do dia 28.01.2017, logo após as passagens a Peruche, Imperador, Terceiro Milênio e Rosas, a Colorado do Brás entrou na avenida para seu primeiro ensaio técnico na temporada 2017.

A escola do Brás, que no ano passado ficou apenas na sétima colocação do grupo Acesso, buscar mudar o quadro neste carnaval, quando levará para a avenida o enredo Luz, câmera, ação… a Colorado apresenta: a ‘Roliúde’ no Sertão.

A Colorado fez um bom ensaio, trazendo um número satisfatório de componentes que quase ocuparam a totalidade dos 563 metros da avenida. O ensaio começou com uma homenagem os intérprete Dom Marcos, um dos autores do samba-enredo da escola em 1988 (Catopês do Milho Verde, de Escravo a Rei da Festa), considerado um dos melhores da história do carnaval paulistano. Em seguida, o intérprete Chitão Martins começou a cantar o samba de 2017, acompanhado com empolgação pelas alas da entidade.

Nesse mesmo ritmo veio a bateria da Colorado do Brás, dirigida por mestre Bola e mestre Allan Meira, um dos destaques do ensaio. Com o ritmo forte, os mestres não tiveram medo de executar diversas paradinhas em toda avenida, mostrando que os ritmistas da escola estão muito bem preparados para o desfile oficial, que acontece em 26 de fevereiro.

O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Ana Paula e Ruhanan, recém chegados à entidade, mostraram na pista porque são consideramos um dos melhores casais em atividade em São Paulo. A leveza dos passos e graciosidade nos movimentos, foram notados e aplaudidos pelas arquibancadas.

A evolução da escola foi boa, mas ainda é um ponto que precisa receber maior atenção até o carnaval, mas nada que tire o brilho do excelente ensaio realizado. Em breve veja as fotos do treino.

 29/01/2017

 

 

Voltar